Imagen de portada

Reseña de De Masi (2017) Alfabeto da sociedade desorientada

Adilson Cristiano Habowski, Elaine Conte

Resumen

O texto em questão é uma resenha do livro Alfabeto da sociedade desorientado: para entender o nosso tempo, de Domenico De Masi. A perspectiva adotada pelo revisor dá visibilidade aos aspectos da falta de orientação da sociedade em relação ao lazer cultural na hiperaceleração do trabalho, que controla o tempo livre e cria novos modos de produtividade para o mundo. Trata-se de uma obra que denuncia a falta de um referencial seguro ou de validade do saber, o que implica uma desorientação geral e a tendência a viver com a sensação de crise de relações na democracia, que envolve as esferas da vida humana, tais como economia, família, política, educação e cultura. A tese norteadora do livro abre uma reflexão crítica sobre importantes mudanças de concepção do sujeito do século XVIII a XX, buscando desenvolver sentidos e um campo de ação que faça convergir as ciências, as técnicas, as artes e a cultura nos alicerces do mundo do trabalho e do ócio, através de estudos sobre o campo da estética e da cultura digital, possibilitando assim um enriquecedor olhar socieducacional.

Palabras clave

Sociedade desorientada; Tempo; Ócio criativo; Cultura digital

Texto completo:

PDF (Português)

Referencias

De Masi, Domenico (2017). Alfabeto da sociedade desorientada: para entender o nosso tempo. Trad. Silvana Cobucci, Federico Carroti. 1. ed. São Paulo: Objetiva.

De Masi, Domenico (2014). O futuro chegou: modelos de vida para uma sociedade desorientada. Rio de Janeiro: Casa da Palavra.

De Masi, Domenico (2000). O Ócio Criativo. Entrevista a Maria Serena Palieri. 3. ed. Trad. Léa Manzi. Rio de Janeiro: Sexante.

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2019 Adilson Cristiano Habowski, Elaine Conte