Pesquisa como prática social: o pesquisador e os “outros” na produção do conhecimento

Emerson Rasera, Carla Guanaes-Lorenzi, Clarissa Corradi-Webster

Resumen

Neste ensaio buscamos contribuir com a reflexão sobre as formas pelas quais as práticas de pesquisa em Psicologia relacionam-se com o conhecimento do “outro”. Exploraremos as dinâmicas presentes no processo de produção de conhecimento decorrentes da adoção de uma epistemologia construcionista. Por meio da análise realizada, damos visibilidade para os desafios presentes ao longo do processo de pesquisa na relação que o pesquisador constrói com os diferentes “outros”, quais sejam: o outro imediato representado pelo participante da pesquisa; os outros institucionalizados, representados pelos pareceristas de agências de fomento, avaliadores, e outros pesquisadores; e a sociedade, como contexto de desenvolvimento e como fonte de necessidades de pesquisa. Concluímos que o enfrentamento de tais desafios não se dá no campo exclusivamente teórico ou metodológico, mas se realiza, sobretudo, no conjunto de práticas sociais em que o pesquisador está inserido e nas várias tramas éticas e políticas que são produzidas.

Palabras clave

Pesquisa; Conhecimento; Outro; Construcionismo social

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Emerson Rasera, Carla Guanaes-Lorenzi, Clarissa Corradi-Webster