Os encontros que compõem o ofício de pesquisar

Luciana Kind, Rosineide Cordeiro

Resumen

Este trabalho tem por objetivo discutir as dimensões éticas e políticas da pesquisa, tomada como prática social. Problematiza-se o processo de trabalho em uma pesquisa que envolveu militantes do Movimento Nacional das Cidadãs Posithivas (MNCP) e do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Sertão Central de Pernambuco (MMTR-Sertão Central PE), desenvolvida em duas universidades brasileiras. O processo de construção da pesquisa é discutido em quatro encontros específicos. O primeiro diz respeito ao processo de elaboração conjunta do projeto e os desafios de fazer convergir interesses de pesquisa. O segundo focaliza os desafios cotidianos da equipe no trabalho com o tema da morte, mas também a sinergia necessária para o trabalho à distância. O terceiro encontro toca na relação entre as participantes da pesquisa, sejam elas pesquisadoras ou militantes, situando dilemas ético-políticos aí experimentados. O quarto e último encontro a ser discutido diz dos estranhamentos com relação ao tema da morte, ecoando entre pesquisadas e interlocutores/as acadêmicos.

Palabras clave

Pesquisa Qualitativa; Reflexividade; Relação Pesquisador-Participante

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Luciana Kind, Rosineide Meira Cordeiro