Influência familiar e a mobilidade educacional de pós-graduandos negros

Marcos Antonio Batista da Silva, Bader Burihan Sawaia

Resumen

Este artigo discute a influência familiar na mobilidade educacional de pós-graduandos negros. Os relatos apresentados fazem parte de uma pesquisa de doutorado em Psicologia Social desenvolvida na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), que investigou trajetórias de negros na pós-graduação. As análises dos relatos possibilitam reflexões que oferecem elementos que ampliam a discussão sobre o tema das relações étnico-raciais, família e educação. Os pesquisados enfatizam a importância do apoio das famílias para a realização dos projetos de vida acadêmica. Identificamos também que a reduzida escolaridade dos pais não foi impedimento para que eles acompanhassem, orientassem e contribuíssem para a extensão dos estudos dos filhos. Desde a infância, os entrevistados tiveram um convívio com narrativas sobre racismo e desigualdades sociais no ambiente familiar e fora dele.

Palabras clave

Apoio familiar; Mobilidade educacional; Relações étnico-raciais

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2018 Marcos Antonio Batista da Silva