Vulnerabilidad de las mujeres a la violencia y daños de salud bajo la perspectiva de los movimientos sociales rurales

Elisiane Gomes Bonfim, Marta Cocco da Costa, Marta Julia Marques Lopes

Resumen

Este é um texto reflexivo que analisa as situações de vulnerabilidade à violência e danos à saúde na perspectiva de mulheres em cenários rurais. Constata-se que mesmo com a participação nos movimentos sociais rurais e na luta por melhores condições de trabalho, as mulheres apresentam maior vulnerabilidade social no meio rural, expressa pela desigualdade de acesso aos serviços estatais públicos, assim como a desigualdade de acesso ao mercado de trabalho e a posse da terra, que se reflete em desigualdades nas condições de saúde. Observou-se que as mulheres estiveram expostas a diferentes vulnerabilidades e à violência, resultando em assassinatos e em outras situações de comprometimento da saúde que refletem as iniqüidades de gênero, raça e classe. Evidenciou-se que muito necessita ser modificado para que as hierarquias de gênero sejam reduzidas no Brasil. Nesse sentido, constata-se que tanto no âmbito do Estado, quanto no âmbito da Academia essa é uma temática que ainda precisa ser desenvolvida e contextualizada, objetivando a estruturação de Políticas Públicas.

Palabras clave

Saúde da Mulher; Trabalhadoras Rurais; Vulnerabilidade

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2013 Elisiane Gomes Bonfim, Marta Cocco da Costa, Marta Julia Marques Lopes