Ruidos en los graffittis de la ciudad en la ciudad de Londrina - Aproximaciones...

João Batista Martins, Irineu Jun Yabushita

Resumen

Esta investigação faz uma reflexão sobre a pichação, entendendo-a como uma prática social que permite aos cidadãos atribuírem novos sentidos para os espaços urbanos. Os pichadores, quando deixam suas assinaturas ? ?tags? ? nos muros da cidade, transformam o espaço público em espaço privado, para em seguida, transformá-los em público, agora modificados. Fizemos uma análise de marcas deixadas por dois grupos de pichadores no centro da cidade de Londrina ? Brasil. Observamos que estas marcas dialogam entre si, estabelecendo uma rede de sentidos. A cidade se transforma em um suporte onde as pessoas (em grupos ou individualmente) exercitam a construção de suas identidades através do estabelecimento das diferenças (nas disputas entre grupos e/ou pessoas pelos espaços) ou na superação das disputas (aglutinando-se para realizar pichações). Os pichadores, ao inscreverem suas ?tags? no universo urbano, modificam a identidade da cidade, re-configurando sua paisagem.

Palabras clave

Pichação; Identidade; Cidade; Subjetividades; Londrina (BR)

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2006 João Batista Martins, Irineu Jun Yabushita