Ações coletivas e comportamento político: produção científica da psicologia social brasileira (1986-2011)

Frederico Alves Costa, Marco Aurélio Máximo Prado

Resumen

Neste trabalho discutimos produções científicas no campo da psicologia social brasileira sobre ações coletivas e comportamento político. O objetivo é analisar o modo como os autores compreendem a politização das relações sociais e a construção de uma sociedade democrática no interior do debate sobre a circunscrição do conceito do político na atualidade. Os autores foram selecionados a partir de 3 fontes - Grupos de Pesquisa do CNPq, Grupos de Trabalho da ANPEPP, Revista Psicologia & Sociedade - e suas produções analisadas à luz da teoria democrática radical e plural (Laclau & Mouffe). Focalizamos a distância entre os modos de compreensão dos autores e uma concepção do político baseada na articulação entre três momentos - momento da articulação, momento da contingência, momento do antagonismo - e as implicações desta distância. Ademais, sugerimos a inserção da psicologia social no debate sobre o político a partir da retomada da noção de hegemonia em uma perspectiva não essencialista.

Palabras clave

Psicologia Social; Produção Científica; Político; Democracia

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2017 Frederico Alves Costa, Marco Aurélio Máximo Prado