Estágio Curricular em Saúde e em Psicologia: Análise de Documentos de Domínio Público

Aline Lopes de Santana, Marcelly Alpiano Rocha, Jefferson de Souza Bernardes, Maria Auxiliadora Teixeira Ribeiro

Resumen

Nesta pesquisa objetivamos identificar as produções discursivas sobre Estágios Curriculares Supervisionados em Saúde no Brasil. Orientada pelo referencial teórico-metodológico das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos, procedemos por meio da Análise de Documentos de Domínio Público. O foco foi em documentos que regulam e orientam os estágios e as Propostas Pedagógicas dos Cursos. Identificamos 50 documentos e produzimos quadros para organizá-los e uma linha cronológica para auxiliar na compreensão dos processos históricos envolvidos. Produzimos Mapas Dialógicos buscando a identificação dos Repertórios Linguísticos. Argumentamos que o estágio se organiza em quatro conjuntos de sentidos: trabalhista, tecnicista, formalista e formativo. O trabalhista refere-se à origem dos estágios vinculada a indústria e ao trabalho, o tecnicista atrelado ao ensino profissional e centrado em procedimentos e o formalista está ancorado em questões legais, tendendo a burocratizar os processos de ensino e aprendizagem, associando-se a questões formativas e produzem, atualmente, o Estágio Curricular Supervisionado.

Palabras clave

Estágio Curricular Supervisionado; Saúde; Psicologia

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Aline Lopes de Santana, Marcelly Alpiano Rocha, Jefferson de Souza Bernardes, Maria Auxiliadora Teixeira Ribeiro