Bicicleta, cidade e educação: movimentos de pesquisa

Sheila Hempkemeyer, Leandro Belinaso Guimarães

Resumen

Este estudo provém de uma pesquisa de Mestrado em Educação, que investiga narrativas de “seres pedalantes” a partir da relação bicicleta-cidade. Os pressupostos teóricos apoiam-se nos Estudos Culturais e conceitos sobre educação, cultura, cotidianos, experiência e narrativas. Pesquisar com narrativas aproxima os cotidianos e promove a estes sujeitos co-autoria no trabalho. O artigo coloca em discussão algumas formas de subjetivação contemporânea, estratégias de reXistência e expressão. Um estudo que constrói narrativas e reflexões sobre a experiências destes sujeitos híbridos e seus cotidianos, problematizando os modos de vida na cidade. Pensar esse emaranhado urbano é relacionar o ambiente e a dinâmica destes corpos que pedalam, emergindo outras formas de educação e interação com o meio, tecendo múltiplas afetações estéticas, poéticas, políticas, abrindo brechas para refletir os acontecimentos cotidianos. O artigo discute ainda os movimentos de pesquisa e seus efeitos em quem pesquisa e é pesquisado(a).

Palabras clave

Estudos Culturais; Educação; Bicicleta; Cidade

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Sheila Hempkemeyer, Leandro Belinaso Guimarães