Práticas sexuais em geolocalização entre homens: corpos, prazeres, tecnologias

Walter Couto, Fábio Morelli, Dolores Galindo, Leonardo Lemos de Souza

Resumen

As mídias locativas, com os operadores de geolocalização, e os espaços na web de homosocialização são problematizados no sentido de promover certo distanciamento das armadilhas normalizadoras e patologizantes. Estes desdobram-se em em prazeres protéticos a partir das experimentações dos corpos em sua multiplicidade acoplados a tecnologias que provocam as (des)territorializações. Questiona-se como a Psicologia pode pensar conceitos/dispositivos diante dos novos sexos/gêneros/prazeres nas redes sociais digitais e algumas armadilhas normativas que se colocam à intervenção nestes espaços.

Palabras clave

Mídias locativas; Redes sociais; Sexualidades; Homossocialidades

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Walter Couto, Fábio Morelli, Dolores Galindo, Leonardo Lemos de Souza