Repertórios linguísticos dos riscos industriais no Pontal da Barra, Maceió

Mário Henrique da Mata Martins, Maria Auxiliadora Teixeira Ribeiro

Resumen

O nosso objetivo neste artigo foi descrever e analisar repertórios linguísticos utilizados por pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas para falar sobre os riscos de uma indústria química brasileira situada no bairro do Pontal da Barra na cidade de Maceió, Alagoas. Para alcançar esse objetivo, selecionamos as publicações científicas relacionadas ao tema que se encontravam disponíveis em uma base de dados nacional e nas bibliotecas setoriais da referida universidade. Analisamos os repertórios linguísticos, o endereçamento e as estratégias de controle dos riscos da indústria. Os resultados mostram que a produção científica sobre essa temática local é incipiente, que os autores fazem uso das metáforas do risco-perigo, risco-probabilidade e vulnerabilidade para falar dos riscos da indústria, que os trabalhadores da indústria são sujeitos ocultos nas publicações e que não há referência de ações de prevenção e estratégias de controle dos riscos por parte da população.

Palabras clave

Repertórios linguísticos; Risco; Indústria Química; Pontal da Barra

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2016 Mário Henrique da Mata Martins, Maria Auxiliadora Teixeira Ribeiro